Teste Teste Teste

quinta-feira, 28 de abril de 2011

CNB Gaming anuncia saída de equipe de CS 1.6

O CNB Gaming anunciou hoje a saída de sua equipe de Counter-Strike 1.6, que chegou à composição atual pouco antes da ESWC Brasil do ano passado. Segundo o comunicado oficial, o time recebeu uma proposta de uma nova organização, que pretende pagar benefícios e arcar com os custos de duas competições internacionais ainda em 2011. O CNB se disse incapaz de investir mais, por não ter o retorno esperado, apesar das conquistas no ano passado.
De acordo com informações obtidas por MIBR.com.br, um ex-jogador de DOTA da organização, de alto poder econômico, é quem pretende patrocinar os paulistas. As negociações se estenderam pelas últimas três semanas e se concretizaram nesta quarta-feira (27).

No anúncio, o CNB lembrou da participação na GameGune, que aconteceu em Bilbao, na Espanha:
“Temos orgulho em dizer que fomos a primeira equipe após a era MIBR a ter enviado um time de CS ao exterior para representar nossa bandeira em um campeonato que não teve classificatória nacional (GameGune) com tudo pago pela própria organização”.
O CNB ainda salientou a importância do time para o cenário nacional no último ano:
“Gostaríamos de agradecer a todo o tempo dedicado desses jogadores para com o CNB e-Sport Club. Foram épocas vitoriosas e revolucionárias, que movimentaram o cenário, trazendo a tona uma rivalidade e empolgação da torcida que há muito não se via no cenário competitivo brasileiro. Ressaltando que dentro das limitações e esforços, fizemos de tudo para que todos se sentissem a vontade dentro da equipe”.
Cleber “fuzi” Fonseca, um dos diretores do CNB, afirmou que não pretende procurar por uma nova equipe de CS, pelo menos por enquanto, mas continuará apoiando games como Guitar Hero, FIFA, Starcraft 2, Carom3D e TrackMania.

O CNB Gaming era composto por:

Thiago “BTT” Monteiro
Olavo “chucky” Napoleão
Gustavo “mkr” Mekaru
Arthur “prd” Resende
Guilherme “spacca” Spacca